O injustiçado Robgol ficou na mão

Juiz não devolve os R$ 500 mil apreendidos no apartamento do ex-deputado. Sim, ele PEDIU DE VOLTA!
Fonte: Portal ORM
Será que VOCÊ também é um dos
contratados da Alepa e não sabe?
(Foto: ???)
Uma dentro da nossa justiça! O ex-deputado (e 2º maior atacante do Paysandu, depois do Zé Augusto) Robgol, do PTB, pediu para que os quase R$ 500 mil apreendidos em seu apartamento, no dia 19 do mês passado. E todos sabemos que esse dinheiro seria fruto de um esquema de corrupção, que envolve funcionários-fantasma e desvio de grana da Assembléia Legislativa do Estado, que todo o Brasil já conhece, e a cada dia vai aumentando mais, e queimando mais filmes.
Mas não adiantou. O juiz da 1ª Vara de Inquéritos Policiais, Pedro Sotero, barrou a devolução desta fortuna suja, acatando o recurso do Ministério Público do Estado, que investiga o envolvimento do jogador no escândalo da ALEPA. Robgol tinha vários parentes contratados como assessores parlamentares, muitos deles vivem NA PARAÍBA. Quem ficava com os salários e com os vales correspondentes (R$ 40 mil, também descobertos no apê do Excelentíssimo), hein?
Ele bem que tentou recorrer à Receita Federal, no início do mês, usando suas declarações do Imposto de Renda para limpar sua barra e provar a legalidade do dinheiro. Agora a própria RF terá que se declarar sobre todos os bens de Robgol, enquanto foi membro da Alepa (2007-2010). Na próxima terça (31), o ex-deputado e ex-atleta vai ter que falar e explicar (se puder) de que mangueira caiu tanto dinheiro.
Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s