COPA 2014: Sem limites, sem respeito e sem "meia"

Projeto de lei quer impedir meia-entrada em jogos do Mundial.

Fonte: JB (com informações do blog Marketing no Esporte)
Parece que poucos ganharão com a Copa do Mundo em 2014, no Brasil. Um projeto de lei (a Lei Geral da Copa), apresentada pelo Ministério do Esporte, sob análise da Casa Civil, prevê a não-adoção do desconto da meia-entrada nos ingressos, que podem variar de R$ 150 a R$ 1.500 (preços estimados com base nos ingressos da última Copa, na África do Sul, 2010).
A medida teria sido tomada após exigência da Mãe-Fifa, que define as taxas dos ingressos, com “ausência de gratuidade ou meia-entrada”. O atual ministro dos Esportes, de Orlando Silva Jr, é ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), a maior defensora do direito ao desconto no ingresso em eventos. Após ser concluída pelo governo ela ainda terá que ser enviada ao Congresso Nacional, que tem o poder de modificá-la.

A possibilidade do veto ao direito da ‘meia’ é um absurdo”, disse Augusto Chagas, ex-presidente da UNE, ao site Congresso em Foco. A instituição já divulgou que promete brigar pela liberação da meia-entrada durante o Mundial, por entender que é um direito nacional adquirido.
Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s