Perdemos a piada

Não, não é montagem. (Foto: Agência EFE)

É, amigos! Nesta quarta-feira, 04 de julho de 2012, faleceu um dos maiores e mais conhecidos tabus da história do futebol brasileiro. Para tristeza de santistas, palmeirenses, são-paulinos, flamenguistas, colorados, atleticanos, tunantes, torcedores do Íbis e do Cosmos, o Corinthians é campeão da Libertadores.

É até engraçado ouvir isso, algo que sempre soou tão utópico. Hoje é realidade, mas por muito tempo ainda reagiremos a essa frase com uma gargalhada sádica, e com um “Ah, tá bom! E o Eike perdeu 5 bilhões em um dia só!”… O Corinthians é campeão da Libertadores.
E, pro azar do Brasil inteiro (menos 30 milhões), não foi contra um Chivas Guadalajara, ou um Cobreloa, ou um Newell’s Old Boys. Foi contra os mais odiados da América, aqueles que mais usam os gramados brasileiros como salões de festa (Palmeiras, Santos e Grêmio que o digam). O Timão calou o Boca, e a boca de muita gente. O Corinthians é campeão da Libertadores.
Uma campanha invicta, como há 33 anos não acontecia. Uma campanha marcada por uma goleada tranquila e duas classificações sobre os ditos “melhores times do Brasil”, e por dois jogos memoráveis em uma final histórica. Pode não ter um grande craque, nem o melhor elenco, muito menos o melhor futebol do continente. Mas, jogando corretamente, às vezes pragmático demais, porém com uma união invejável, soube ser vencedor. Sim, amigos, o Corinthians é campeão da Libertadores.
Falando em futebol paulista, era o último dos grandes que faltava. De zero a esquerda do Estado, já se igualou ao Palmeiras em conquistas. São Paulo e Santos ainda olham os dois bem de cima, mas não vai mais se tão engraçado. Ainda é, que fique claro. Mas o Corinthians é campeão da Libertadores.
As nove maiores torcidas do Brasil podem se orgulhar de ter a Libertadores na sala de trofeus. Todas. O Corinthians superou Atlético Paranaense e São Caetano, vice-campeões num passado recente. O Corinthians é campeão da Libertadores.
Perdoem a repetição exaustiva. Mas eu ainda preciso que você acredite que nós, infelizmente, perdemos a piada.

A foto histórica. (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

 GUSTAVO FERREIRA, 20, são-paulino.
Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s