Osga 2013: sábado é dia de premiação

Festival de Vídeos Universitários chega à sua décima edição com festa no Cine Olympia, neste sábado (1).

Troféu principal entregue ao
Melhor Filme no Osga 2012
(Foto: Divulgação)
Para nós, paraenses, a osga é um bichinho bem conhecido. Agora mesmo, deve ter uma subindo pelas suas paredes. Mas para um grupo de estudantes de Belém, a lagartixa tem um significado bem mais, digamos, cinematográfico. São os integrantes das equipes que concorrem, nesse sábado (1), ao Osga 2013, no Cine Olympia.
O Festival de Vídeos Universitários, promovido pela Universidade da Amazônia (Unama), chega à sua décima edição, premiando a produção audiovisual papa-chibé. O Osga surgiu como uma mostra acadêmica da instituição, e hoje reúne estudantes dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Cinema e Artes Visuais de outras universidades e faculdades de Belém, o que acontece desde 2012.
O professor Renato Malcher, um dos criadores e atual coordenador do Festival, acredita que o crescimento do Osga, nos últimos dois anos, é fruto da motivação dos próprios estudantes: “Dou todo o crédito a eles. A confiança de que o Osga poderia proporcionar algo de bom nas carreiras dos alunos foi o ponto de partida para todo esse crescimento. A motivação dos alunos motivou a equipe a querer aumentar ainda mais o Festival e deixá-lo cada vez melhor e mais aberto”. 

Tempo de quê? Nas últimas edições, o Osga sempre propôs um tema para os curta-metragens participantes. Em 2013, o tema é “Sociedade: é tempo de quê?”. “Sempre foi vontade minha entender a visão dos alunos sobre esse tema e alertá-los que a vida não é só Facebook e Twitter. Queria que eles começassem a perceber que fazemos parte de uma sociedade e que temos deveres para com ela”, conta Renato.
Renato Malcher e Ana Prado, coordenadora do Curso de Comunicação Social da Unama.
(Foto: Divulgação)
And the Osga goes to… Os prêmios estão divididos em três categorias: Vídeo-Arte, com um indicado; Vídeo-Minuto, com dois; e a principal categoria: Vídeos de Ficção. Nessa última, são 10 curtas finalistas, na disputa por 13 prêmios: Divulgação, Desenho de Som, Produção, Figurino, Fotografia, Cartaz, Efeito Especial, Roteiro, Edição, Ator, Atriz, Direção e Melhor Filme.
O coordenador do Festival diz que foi difícil escolher apenas 10 finalistas, entre as 21 produções inscritas: “Os filmes estão cada vez mais bem produzidos e com roteiros sensacionais. Respeitando os limites de um aluno, sempre será difícil para os jurados do Osga escolherem os finalistas”, diz Renato Malcher.

O professor também revela a ansiedade de toda a equipe por trás da premiação, os “osganizadores”: “Estamos nervosos e confiantes. Esperamos uma premiação animada, porém osganizada. Com nossas brincadeiras e com o aluno no centro de tudo, pois a noite é deles”, finaliza Malcher. 

Os “osganizadores” do Festival em 2013.
(Foto: Divulgação)
Amanhã, no Repórter E: Saiba mais sobre os finalistas do Osga 2013. 

Muvuca 2013: os dias em que a Comunicação foi tendência

Nessa semana, a UFPA foi palco de debates e reflexões sobre tendências. A Muvuca 2013 reuniu centenas de estudantes e profissionais da Comunicação e outras áreas afins, em oficinas, mesas de debate e palestras sobre o presente e o futuro da sociedade contemporânea, onde os valores e sentidos estão em constante mutação. Sob o tema “Comunicando Tendências”, a quarta edição da Semana de Comunicação da UFPA fez bonito. O Repórter E esteve lá, nos dias 8, 9 e 10 de maio, acompanhando todos os passos da (Des)organização, dos convidados e do público, em uma cobertura completa, como nunca antes na história desse país.
Quarta edição da Muvuca na Cumbuca 2013 foi tendência.
(Foto: Gustavo Ferreira)
A movimentação dos estudantes que construíram o evento começou logo depois da edição 2012. Uma equipe de 17 pessoas, divididas em comissões (Programação, Comunicação, Estrutura, etc), garimpou os melhores profissionais de diversas áreas na região, para ministrarem 11 oficinas e participarem de 8 mesas de debate. De moda a séries, de jornalismo cultural a games, de rádio a design, a programação da Muvuca 2013 se propôs a ser um grande cardápio do que é tendência hoje. Figuras como os professores Michel Pinho e Rosane Steinbrenner, o jornalista Igor Fonseca, a designer Renata Caraih (da famosa página “Salve Job”), entre outros, marcaram presença no encontro.

Uma das oito mesas de debate que movimentaram o evento.
(Foto: Gustavo Ferreira)
Aliás, foram vários encontros, em muitos lugares. Desde o Instituto de Letras e Comunicação (ILC), passando pelo de Ciências Biológicas (ICB) e pelo Centro de Capacitação da UFPA (CAPACIT), chegando aos blocos de sala de aula F e H, e à grande cumbuca de 2013, o Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ), os participantes puderam passear e conhecer melhor o campus da maior universidade pública do Norte do Brasil.
Bloco F foi um dos pontos da Muvuca.
(Foto: Gustavo Ferreira)
E foi no ICJ que os “muvuqueiros” curtiram programações culturais no início da noite, como videogames e até mesmo uma sessão de karaokê. Um esquenta, para os grandes momentos: as palestras.
Ao fim de cada dia de Muvuca, três profissionais de renome nacional e até internacional deram o ar da graça em bate-papos descontraídos e ricos em conhecimento. A primeira foi a professora Clotilde Perez, da USP, falando sobre tendências de consumo. Na segunda noite, Érico Assis, um dos colaboradores do site Omelete, conversou com os participantes sobre a relação do profissional de comunicação com o trabalho. E na última noite, um imprevisto não foi o suficiente para fechar a Muvuca antes da hora. Via Skype, foi a vez de Lucas Liedke, da agência BOX 1824, trazer suas experiências sobre os “millennials”, a chamada “Geração Y”… Que, por acaso, é a nossa.
Lucas Liedke, via Skype. Tecnologia é tendência.
(Foto: Gustavo Ferreira)
Fim de papo? Ainda não. Faltava a grande festa de encerramento, a Muvuparty. A atração principal foi a banda que é a grande tendência da música paraense na atualidade: Gang do Eletro. O público que lotou o deck do Hotel Gold Mar, no último sábado (11), “tremeu” com os sucessos do grupo, além de curtir DJs convidados, que fecharam a Muvuca 2013 em grande estilo.

Confira fotos exclusivas do Repórter E na Muvuca 2013:

REPÓRTER E NA MUVUCA 2013 A cobertura especial do blog começou antes mesmo da Muvuca ser aberta. A Fan Page e o Twitter do Repórter E começaram a atualizar os muvuqueiros dias antes, com informações sobre o evento. Durante a Muvuca, o Repórter E não parou! Os internautas puderam acompanhar informações em tempo real, diretamente do QG dos (Des)organizadores. Ou seja, direto da fonte. A cada novidade, uma atualização.

O Repórter E acompanhou e mostrou cada detalhe da Muvuca 2013
(Foto: Gustavo Ferreira)

Quem acompanhou a cobertura viu várias fotos exclusivas dos locais onde estava rolando a Semana de Comunicação, e também vídeos exclusivos, produzidos enquanto a Muvuca estava acontecendo. Duas edições do Vlogue.Minuto, que mostraram aos mais perdidos os caminhos da UFPA, e um mini-balanço em números dos três dias de evento.

E toda a movimentação foi registrada para o Vlogue.Doc: Muvuca 2013, um projeto em produção desde março, que vai contar em detalhes a história dessa edição da Muvuca. O lançamento está previsto para a primeira quinzena de junho.

Vlogue #3 – 2 anos de Repórter E

Ontem foi um dia especial para o Repórter E. 

10 de maio de 2011. Um espaço que nasceu com uma proposta: informar com jeito diferente, com criatividade, com opinião. Foram Círios, campeonatos, Manaus, Muvuca, Vlogue, fotos, textos, tweets, comentários, RT’s… 

10 de maio de 2013. O Repórter E completa 2 ANOS no ar, agradecendo a todos que participaram, leram, assistiram, curtiram, compartilharam e ajudaram a fazer a história desse blog. 

Para comemorar, assistam o último Vlogue especial de aniversário do Repórter E.


É amanhã! Saiba mais sobre a programação da Muvuca 2013

A Muvuca na Cumbuca 2013, Semana de Comunicação da UFPA, começa nessa quarta-feira (8), com o tema “Comunicando tendências”. A proposta do evento é abrir espaço para debates sobre o que vem por aí. E o que vem por aí na programação do evento promete empolgar os 350 participantes esperados pela (Des)Organização.
Ao todo, serão 12 oficinas, 8 mesas de debates e 3 palestras, nos três dias de Muvuca, além da programação cultural e a Muvuparty, festa de encerramento, no dia 11, com a participação da Gang do Eletro. Cerca de 50 convidados, entre professores, pesquisadores, estudantes e profissionais de diversas áreas estão confirmados. Games, séries, história, fotografia, novas mídias, cinema e moda são apenas alguns dos temas lançados na cumbuca.
Muvuparty com Gang do Eletro + 6 DJ’s. Dia 11, no Hotel Gold Mar. (cartaz: Muvuca/CCom)
De acordo com Mariana Almeida, integrante da Comissão de Programação da Muvuca, a montagem da programação levou em conta o eixo central do encontro, além do ineditismo e a interdisciplinaridade: “Pensamos em temáticas que ainda não foram abordadas em Muvucas anteriores e pudessem dar contribuições aos participantes sobre o está sendo feito e o que pode ainda ser feito em Comunicação. Pensamos também em fazer uma programação interdisciplinar, relacionando outras áreas à Comunicação, o que também não deixa de ser tendência”.
Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ), o palco principal da Muvuca 2013. (Foto: Gustavo Ferreira)
Alguns dos nomes confirmados na Muvuca 2013 são figuras bastante conhecidas por aqui e Brasil afora. Professores, como Michel Pinho, Ana Prado (Unama) e Pedro Bragança, o @Pedrox (Estácio FAP e UFPA); jornalistas do naipe de Ingo Muller (G1 Pará), Esperança Bessa (Diário do Pará); os fotógrafos Bob Menezes e João Ramid; a publicitária Roberta Spindler, dentre outros. “Escolhemos pessoas que em maior ou menor grau fazem diferença no campo da Comunicação”, diz Mariana Almeida, que também será uma das apresentadoras da Muvuca, ao lado dos já conhecidos Petterson Farias, Rômulo Baía e Natália Costa.
As palestras principais, que vão fechar as noites de programação, estarão a cargo de Clotilde Perez, professora de Publicidade da USP e da PUC-SP, além de dar aulas em Portugal e na Espanha, e vai falar sobre tendências de comportamento e consumo; Érico Assis, um dos integrantes do site de cultura pop/nerd Omelete, vem com o misterioso tema “Os Jornalistas, os Publicitários, os Zumbis e o Tempo”; e a dupla Filipe Techera e Lucas Liedke, da agência Box1824, especializada em… Tendências, claro. Confira o vídeo “All work and all play”, produção onde Lucas participou, que conta um pouco sobre a Geração Y, os “millennials”. Mariana ressalta a escolha dos quatro palestrantes principais: “são pessoas que podem vir a inspirar o público, fazer surgir novas ideias e discussões”.
A grade completa de programação da Muvuca. (Arte: Muvuca/CCom)
Com toda a programação completa (que você confere AQUI), a expectativa é grande, por parte da (Des)Organização da Muvuca. “Nós queremos que as pessoas possam aproveitar ao máximo tudo o que a Muvuca está oferecendo. Aprender, compartilhar ideias, debater e ouvir o que esses convidados têm a dizer. Acho que também são nesses eventos e nessas conversas que conseguimos evoluir como profissionais, pensar a Comunicação de forma diferente, criar tendências na área, enfim, transformar para melhor a Comunicação”, finaliza Mariana.
SERVIÇÃO: A Muvuca na Cumbuca 2013 acontece nos dias 8, 9 e 10 de maio, no Campus da UFPA (Rua Augusto Corrêa, 01, Guamá). Os passaportes estão à venda com os (Des)Organizadores, por R$ 30 (Muvulight) e R$35 (Muvucombo). Mais informações no site do evento: muvuca.ufpa.br. Acompanhe tudo sobre a Muvuca 2013 aqui, no REPÓRTER E.

Vlogue Manaus

Belém ficou pequena! O Repórter E esteve em Manaus, fazendo Vlogue na terra alheia. Confere um resuminho do que rolou no Intercom Norte 2013, evento que reuniu quem entende de Comunicação na Amazônia.

Mais Vlogue AQUI