Osga 2013: sábado é dia de premiação

Festival de Vídeos Universitários chega à sua décima edição com festa no Cine Olympia, neste sábado (1).

Troféu principal entregue ao
Melhor Filme no Osga 2012
(Foto: Divulgação)
Para nós, paraenses, a osga é um bichinho bem conhecido. Agora mesmo, deve ter uma subindo pelas suas paredes. Mas para um grupo de estudantes de Belém, a lagartixa tem um significado bem mais, digamos, cinematográfico. São os integrantes das equipes que concorrem, nesse sábado (1), ao Osga 2013, no Cine Olympia.
O Festival de Vídeos Universitários, promovido pela Universidade da Amazônia (Unama), chega à sua décima edição, premiando a produção audiovisual papa-chibé. O Osga surgiu como uma mostra acadêmica da instituição, e hoje reúne estudantes dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Cinema e Artes Visuais de outras universidades e faculdades de Belém, o que acontece desde 2012.
O professor Renato Malcher, um dos criadores e atual coordenador do Festival, acredita que o crescimento do Osga, nos últimos dois anos, é fruto da motivação dos próprios estudantes: “Dou todo o crédito a eles. A confiança de que o Osga poderia proporcionar algo de bom nas carreiras dos alunos foi o ponto de partida para todo esse crescimento. A motivação dos alunos motivou a equipe a querer aumentar ainda mais o Festival e deixá-lo cada vez melhor e mais aberto”. 

Tempo de quê? Nas últimas edições, o Osga sempre propôs um tema para os curta-metragens participantes. Em 2013, o tema é “Sociedade: é tempo de quê?”. “Sempre foi vontade minha entender a visão dos alunos sobre esse tema e alertá-los que a vida não é só Facebook e Twitter. Queria que eles começassem a perceber que fazemos parte de uma sociedade e que temos deveres para com ela”, conta Renato.
Renato Malcher e Ana Prado, coordenadora do Curso de Comunicação Social da Unama.
(Foto: Divulgação)
And the Osga goes to… Os prêmios estão divididos em três categorias: Vídeo-Arte, com um indicado; Vídeo-Minuto, com dois; e a principal categoria: Vídeos de Ficção. Nessa última, são 10 curtas finalistas, na disputa por 13 prêmios: Divulgação, Desenho de Som, Produção, Figurino, Fotografia, Cartaz, Efeito Especial, Roteiro, Edição, Ator, Atriz, Direção e Melhor Filme.
O coordenador do Festival diz que foi difícil escolher apenas 10 finalistas, entre as 21 produções inscritas: “Os filmes estão cada vez mais bem produzidos e com roteiros sensacionais. Respeitando os limites de um aluno, sempre será difícil para os jurados do Osga escolherem os finalistas”, diz Renato Malcher.

O professor também revela a ansiedade de toda a equipe por trás da premiação, os “osganizadores”: “Estamos nervosos e confiantes. Esperamos uma premiação animada, porém osganizada. Com nossas brincadeiras e com o aluno no centro de tudo, pois a noite é deles”, finaliza Malcher. 

Os “osganizadores” do Festival em 2013.
(Foto: Divulgação)
Amanhã, no Repórter E: Saiba mais sobre os finalistas do Osga 2013. 
Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s