Inexplicavelmente azul marinho

Azulina, Milene Sousa homenageia os 110 anos do time do coração com uma crônica especial sobre o que é ser remista

Milene Sousa (2)
Foto: Milene Sousa

Pra que as pessoas perdem seu tempo assistindo futebol? Pra que ver jogo? Pra que pegar aquele sol, aquela chuva, entrar em filas quilométricas pra comprar ingresso só pra ver 11 jogadores em campo? Não foi a primeira e nem será a ultima vez que essa pergunta me foi feita. E nem foi a primeira e muito menos a ultima vez que optei por não perder o meu tempo tentando explicar. Rotina de torcedor de futebol é essa: ser julgado por quem analisa sem viver.

Continue lendo “Inexplicavelmente azul marinho”