Páscoa de versos e flores

Grupo Flores de Kahlo promove ação para crianças em biblioteca montada com solidariedade e força de vontade; inspiração vem da vida de grande nome da pintura mundial

Gustavo Ferreira

Integrantes do Flores de Kahlo. (Foto: Reprodução/Imagina na Copa)

 

A Páscoa é, tradicionalmente, um momento para a reflexão, para pensarmos sobre nossos atos, sobre o valor das coisas e nosso papel na sociedade. Neste ano, um grupo de jovens de Belém resolveu fazer mais do que refletir: eles vão partir para a ação. Na próxima terça-feira (7), o Flores de Kahlo vai promover um dia de atividades especiais para os pequenos na biblioteca da Escola Lar Espiritual da Criança, no 40 Horas, celebrando a Páscoa e o futuro, fazendo do presente um tempo melhor.

A insatisfação com o presente, aliás, foi o que fez a equipe se unir, no final de 2013. Tudo começou com uma conversa no WhatsApp: “no clima de descontentamento com a cidade e a realidade que vivemos, eles [Raidol Saldanha e Maria Paula Malheiros, dois dos fundadores do grupo] resolveram não ficar parados e assumir sua responsabilidade, tentando aos poucos ir mudando o que for possível. Chamaram vários amigos e um com o apoio do outro em poucos dias tinham conseguido brinquedos pra distribuir pra mais de 500 crianças e não paramos por aí”, conta Tainá Cavalcante, integrante da equipe.

Em quase um ano e meio de atividades, o Flores já espalharam pétalas de solidariedade em um abrigo de Marituba, em comunidades de Muaná (região do Marajó), aulão solidário, distibuição de água no último Círio… Todas essas iniciativas contam com o apoio de parceiros para darem certo. “O Flores de Kahlo não tem nenhum patrocinador fixo, o dinheiro que temos em caixa vem de ações que o grupo desenvolve para arrecadar. Mas durante nossa caminhada várias pessoas nos ajudaram e ajudam, como pais, amigos e pessoas que admiram nosso trabalho de alguma forma”, diz Catarina Nefertari, que também faz parte do Flores.

A inspiração

Frida Kahlo, inspiração para o grupo. (Foto: Autor Desconhecido)

O grupo leva no nome a força de uma mulher icônica para a história do México e de todos os que acreditam na palavra “superação”. Frida Kahlo (1907 – 1954) viveu momentos difíceis, como a poliomielite que lhe trouxe problemas sérios de locomoção, ao acidente de ônibus que a deixou entre a vida e a morte, e aos abortos, além de perdas familiares que, para ela, não foram apenas marcas dolorosas. Frida fez desses obstáculos sua ponte para a arte.

Amante da cultura de seu país, ficou famosa por seus trabalhos como pintora, reconhecida como uma das maiores do século 20. Tainá explica como surgiu a inspiração na vida de Frida, na hora da criação do grupo:

“Frida foi uma mulher que sempre gostou de pintar flores, e dizia que as pintava porque na tela elas não murchavam. Acreditamos que ela seja uma inspiração para que as pessoas nunca desistam dos seus sonhos, que independentemente da situação social ou financeira, sempre é hora de reagir e mudar o próprio destino.”

A ação

Entre todos os jardins que o Flores regou, talvez o mais vistoso seja a biblioteca da Escola Lar Espiritual da Criança. O espaço, localizado em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, reúne 532 crianças entre 2 e 10 anos. Para elas e para toda a comunidade, os jovens do Flores pensaram e montaram um espaço, com materiais recicláveis e materiais de leitura doados.

“A ideia surgiu porque queríamos fazer algo que fosse duradouro e que pudesse levar perspectiva de mudança para as pessoas, então nada melhor que unir educação e sonhos, porque através dos livros eles poderiam ir a qualquer lugar”, conta Mayara Nobre, outra integrante do Flores.

Biblioteca da Escola Lar Espiritual da Criança, em Ananindeua, montada com materiais reciclados e doações. (Foto: Flores de Kahlo)

 

Mais do que o auxílio material, a intenção é fazer que a ação gere reflexão – em especial na Páscoa. Por isso, na próxima terça-feira (7), a partir de logo cedo, o Flores de Kahlo estará por lá, promovendo brincadeiras que misturem arte e cultura, com pintura de rosto e confecção, pelas próprias crianças, de seus bombons. Afinal de contas, chocolate é preciso nessa época do ano.

E quem quiser ajudar, será sempre bem-vindo. É só passar no Lar Espiritual da Criança (Estrada do 40 Horas, após o Condomínio Oasis, Ananindeua) com um ovo de Páscoa, um bombom, uma barra, o que puder. Mais informações pelo telefone (91) 98272-8697.

A continuação

No Pará, no Brasil e até fora do país, o Flores de Kahlo já repercutiu na imprensa como um exemplo desafiador de que fazer o bem pode dar certo se houver boa vontade. Mesmo sem parceiros fixos e com a dificuldade – ainda hoje – com relação à idade dos integrantes, que cerca os 20 anos, a experiência é o retorno mais importante.

No caso da biblioteca, Catarina diz que “levar isso às crianças nos dá luz, esperança em dias melhores, esperamos que elas aproveitem a leitura e criem confiança para conquistar todos os sonhos que elas tiverem, que sejam capaz de conquistar o mundo através do que esse hábito constrói”.

Para além desta ação, Mayara afirma que aprende diariamente a respeitar e sempre acreditar no ser humano, e que para mudar algo no mundo, é preciso mudar: “Vi que só reclamar não adianta, que tentar achar um culpado é perda de tempo, então o que levarei pra sempre é a força de vontade de sempre fazer mais do que apenas minha parte, são os milhares de sorrisos que já recebemos, as memórias incríveis de cada uma das nossas que podemos doar muito amor e claro, os amigos que fiz no decorrer dessa caminhada”.

Para fazer parte do Flores de Kahlo, basta enviar e-mail para floresdekahlo@gmail.com ou ligar para (91) 98133-0729, para preencher um formulário e a carta de compromisso.

 

Anúncios

Um comentário em “Páscoa de versos e flores

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s