Guitarrando em “Sal ou Moscou”, o primeiro disco de Lucas Estrela

Músico paraense mergulha em suas referências de tecnobrega e guitarrada no seu CD de estreia, que será lançado no sábado (20) online e com show em Belém

Gustavo Ferreira, com informações da Assessoria

16022016_4089_LucasEstrela_GustavoAguiar
Lucas Estrela lança seu primeiro CD, “Sal ou Moscou”, neste sábado (20). (Foto: Gustavo Aguiar)

Lucas Estrela. Se você já foi a algum show de artistas como Liège e Pio Lobato, certamente o viu ali, empunhando a guitarra e tirando notas que o denunciam: é paraense. E sua naturalidade se escancara no primeiro disco, que será lançado neste sábado (20) em plataformas digitais como Deezer, iTunes e Spotify. O nome do trabalho é outra marca papa-chibé, afinal, essas eram (e ainda são) duas ótimas opções pra quem quer curtir uma praia por aqui: Salinas ou Mosqueiro, “Sal ou Moscou”.

A trajetória do Lucas você viu aqui no Repórter E no início da semana, quando ele se apresentou na Bio [CLIQUE AQUI E REVEJA O POST] como um jovem rapaz apaixonado por música e, especialmente, envolvido em produções locais. Sua ligação com os sons de Belém, onde nasceu, independe da distância – Lucas se divide entre a cidade natal e São Paulo – e dá o tom das nove faixas do disco, feito em trânsito entre as duas cidades do músico.

FAIXAS | “Sal ou Moscou” (2016), de Lucas Estrela

Sal ou Moscou
Te Abicora
Atalaia 2000
Eletrocarimbó
2×2
Saudades de Belém
Esquina do Veropa
Brega da Babi
2×2 (Mixtape Brothers remix)

01 Capa Lucas Estrela - Sal ou Moscou
Capa do disco. (Arte: Luan Rodrigues)

As músicas (sendo cinco inéditas) passam pelo tecnobrega clássico e a guitarrada contemporânea de um parceiro de palcos e composições, o músico Pio Lobato. A grande referência de Lucas na música, seu ídolo, dividiu a autoria de “2×2”, que já foi lançada no disco de Pio, em 2015.

“Sal ou Moscou” é um disco que faz a escuta ser multissensorial. É ouvir e imaginar cenários paradisíacos, praianos, que estão muito presentes na faixa-título e em “Atalaia 2000”. Unir áudio e vídeo, inclusive, é uma das paixões de Lucas, que no ano passado criou a exposição “Arboreal”, um cine-concerto onde o artista apresentava músicas ao vivo em composição com imagens de cidades brasileiras e de Buenos Aires, na Argentina. A ideia era a concepção de paisagens sonoras, e parece que a mesma linha é seguida por Lucas no seu primeiro disco.

GALERIA | Lucas Estrela

Para marcar o lançamento do “Sal ou Moscou”, Lucas vai tocar na loja Ná Figueredo (Gentil, 449, entre Benjamin e Dr Moraes), a partir de 19h. A entrada é free. Mais detalhes no evento do Facebook. Enquanto o show e o CD não vêm, você pode ver e ouvir aqui uma versão ao vivo de “Sal ou Moscou”, faixa que dá nome ao trabalho de Lucas Estrela.

PLAY | Clipe de “Sal ou Moscou” de Lucas Estrela

Lucas Estrela – Sal ou Moscou (Live) from Lucas Estrela on Vimeo.

Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s