Bio – Sâmia Batista

21-Sâmia
Foto: Acervo pessoal

Uma criadora. É de Belém, vive de imagens e já viveu de música, mas faz das letras seu ofício e sua paixão. Não, ela não é escritora, cronista, poeta. Ela é uma mulher que flutua no design participativo, na universidade, na educação. Em março, a mulher que conta sua trajetória no Repórter E pesquisa, compartilha e cria. O nome dela é Sâmia Batista.

NOME COMPLETO
Sâmia Batista e Silva

DATA DE NASCIMENTO
26/05/1979

ONDE NASCEU
Belém-PA

ONDE VIVE
Belém-PA

O QUE JÁ FEZ
Minha trajetória sempre foi ligada à cultura visual e as relações com outros campos. Estudei fotografia no Curro Velho, me graduei em Publicidade e mudei pra São Paulo pra estudar Design Gráfico. De volta a Belém, trabalhei em publicidade e assessoria de comunicação, virei professora universitária e fiz mestrado em Comunicação. Por hobby e paixão também produzi festas de música eletrônica pelo Coletivo Cotonete, fazendo programação visual das festas. Anos depois, também produzi com amigas a festa Pneumática, liderada por mulheres. Há 10 anos lidero com a designer Fernanda Martins o escritório Mapinguari design. Lá participei e dirigi vários projetos importantes de design, como a marca do Fórum Social Mundial de 2009, projetos de design participativo para a Ver-as-Ervas e outras associações de base comunitária e projetos de design para o Fundo Vale, Fundação Roberto Marinho, Instituto Peabiru, Sebrae e outras instituições locais, nacionais e internacionais.

GALERIA | Sâmia Batista

O QUE FAZ?
Hoje sou professora da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal do Pará e continuo atuando em Design Gráfico, mas minha paixão principal são nossos projetos culturais e de educação, como o LETRAS Q FLUTUAM – que mapeia os abridores de letras de barco da Amazônia – e o MAPIN LAB – projeto que visa a educação em design em Belém trazendo profissionais de fora para ministrar oficinas. Também tenho atuado no reposicionamento de marcas de moda e desenvolvimento de produtos. Além disso, faço parte de um grupo de pesquisa intitulado “Antropologia das Paisagens”, visando o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à Cultura Visual na Amazônia.

O QUE GOSTARIA DE TER FEITO?
Aprendido a tocar violão, rs.

O QUE AINDA QUER FAZER?
Quero conseguir realizar todas as ideias que existem na minha cabeça, e são muitas! Mas a maioria é ligada à visualidade amazônica. Subir num barco, conhecer lugares, pessoas da nossa região, seus saberes e fazeres: essas são as minhas verdadeiras paixões.

Anúncios

Um comentário em “Bio – Sâmia Batista

  1. Parabéns a nossa região por contar com esta profissional do mais alto gabarito na àrea de design. Parabéns também para UFPA e acadêmicos em ter essa mestre das artes.

    Curtir

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s