Entrevista: Um café quentinho com Lívia Mendes

Cantora lança nesta semana o primeiro EP da carreira em show com parceiros especiais e uma trajetória musical que veio de casa

Gustavo Ferreira

Lívia Mendes DIVULGAÇÃO 02
Lívia Mendes, o folk da nova cena musical de Belém. (Foto: Iury Vicenzo)

29 anos. Muitos podem considerar uma indelicadeza revelar a idade de uma dama. No caso de Lívia Mendes, é importante dizer por que tempos ela viveu, até chegar ao que é hoje: uma das vozes mais promissoras da nova safra de Belém e do Estado. Nessas quase três décadas de vida, a professora de Espanhol ouviu com o avô as primeiras melodias de bolero, curtiu e muito a tsunami pop da transição do milênio, se encantou e se inspirou nas grandes vozes – femininas, em especial – da MPB, e atravessou estados para ganhar no folk music.

Ontem (14) ela lançou na internet seu primeiro EP, homônimo, com as cinco primeiras músicas de uma carreira que já está rodando na cidade [PARA OUVIR, BASTA DESCER ATÉ O FIM DO POST]. Depois de amanhã (17), com um show no Teatro Estação Gasômetro, Lívia marca um novo início, uma estreia oficial, no mundo da música. Digo oficial porque, como deu pra perceber, é nesse mundo que ela vive desde que nasceu, cantando versos alto e com a mão no coração, pra gente bailar, rodopiar e dançar… Com vocês, uma entrevista com a cantora Lívia Mendes.

Continue lendo “Entrevista: Um café quentinho com Lívia Mendes”