Guia Se Rasgum 2017

A maior edição do festival nos seus doze anos de história começa hoje. Veja aqui um pouco de cada atração musical que vai subir nos palcos espalhados pela cidade, a partir de amanhã  

Gustavo Ferreira

22527990_1792460554118931_4435205869612825499_n

Em 2006, o primeiro palco dessa história foi o Parque dos Igarapés. Doze anos e centenas de atrações depois, o Festival Se Rasgum 2017 volta às origens, ao Parque, pra contar mais uma edição do maior evento de música da região. Como o evento cresceu e não cabe em um palco só (há alguns anos), em 2017 serão seis. O festival começa hoje (13), vai até o dia 18, e amanhã já tem som rolando na cidade. Por isso, o Repórter E preparou um guia sobre quem vai cantar, tocar e escrever a décima segunda página dessa história.

TERÇA 14/NOV | TEATRO MARGARIDA SCHIVASAPPA (CENTUR) e ZIGGY HOSTEL CLUB

Quem vai cortar a fita do Se Rasgum 2017 é uma veterana dos palcos de Belém. Depois de anos como vocalista da banda A Euterpia, uma das primeiras da safra contemporânea de rock autoral na cidade, e de ter tocado com Edgard Scandurra (Ira!) e Fafá de Belém, MARISA BRITO se apresenta, com clássicos da carreira e com as canções do seu primeiro EP solo, lançado em setembro.

O casal paranaense ESTRELA LEMINSKI & TÉO RUIZ assume o palco logo depois e canta o amor… Sem clichês. Sonoridade pop rock contemporânea com personalidade, e referências ao Pará [CLIQUE AQUI E VEJA O CLIPE DE “POLIAMOR”]. E quem fecha a noite do Schivasappa é um nome da nova MPB reconhecido nacional e internacionalmente: AVA ROCHA, do Rio de Janeiro. Ela, que já venceu o Prêmio Multishow de 2015 de Melhor Hit, e teve o segundo disco (“Ava Patrya Yndia Yracema”, de 2015) indicado como o quarto melhor do ano pelo New York Times (!!!). Quem não conhece, que conheça!

Pros que curtem uma levada mais underground, o Se Rasgum apresenta três atrações no Ziggy Hostel Club, a partir de 21h. Primeiro tem o DJ MANCHA, de São Paulo. Depois tem o quarteto LAVA DIVERS com seu rock mineiro, e a banda LOOMER, que vem do Rio Grande do Sul com um disco novo recém lançado, o “Deserter”, com inspirações em Velvet Underground e Jesus and Mary Chain.

QUARTA 15/NOV | CAFÉ COM ARTE

No feriado a onda vai ser no Café com Arte, e começa cedo. Já a partir de 17h o DJ ALEX ROOTS liga as pick-ups e manda som pro público, que depois fica com o DJ FELIPE PROENÇA. A primeira banda da noite é da terra: THE BAUDELAIRES, rock anos 90 em letras gringas, mas a verve é bem paraense.

TheBaudelaires
The Baudelaires. (Foto: Divulgação)

Após o show, mais discotecagem com o DJ TÉRCIO, e a primeira das quatro bandas que passaram pelas Seletivas: DOIS NA JANELA, de Abaetetuba para o mundo, com letras profundas e uma sonoridade rock que flerta com a cadência da MPB.

A atração forasteira do dia 15 vem do Ceará. A banda SELVAGENS À PROCURA DE LEI está na estrada desde 2010, já fez shows em praticamente todo o Brasil, e vão trazer os hits do disco mais recente, lançado em 2016: “Praieiro”.

QUINTA 16/NOV | ESTAÇÃO DAS DOCAS e ZIGGY HOSTEL CLUB

Mais uma vez a Estação recebe uma noite de programação gratuita do Se Rasgum. Na verdade, a programação desse dia começa à tarde, com uma BATALHA DE B-BOYS 2VS2, e aí sim vêm os shows. JULIANA SINIMBU, com disco novo (“Sobre Amor e Outras Viagens”, de 2017), vai levantar o público com seu pop eletrônico com pegada regional.

Na sequência uma grande homenagem a uma das figuras mais importantes da música paraense: o BAILE DO MESTRE CUPIJÓ reúne vários artistas de diferentes estilos para celebrar a obra do cametaense, falecido em 2012. E fechando vem o grupo paulista/mexicano FRANCISCO, EL HOMBRE, com letras fortes, ora em português, ora em espanhol. Promete ser um dos grandes shows dessa edição do Se Rasgum.

No Ziggy Hostel Club também vai ter programação, e será um “Made in SP”. Os DJS FERNANDO DOTTA e RAFAEL FARAH vêm de São Paulo pra tocar, e no meio a banda paulistana de rock alternativo TERNO REI comandam o palco.

SEXTA 17/NOV | AÇAÍ BIRUTA

Chegou o fim de semana, e a noite do Açaí Biruta será de música do norte e nordeste. Começando pelos DJS FLIPERAMA, do Ceará,  e depois com as canções existencialistas do baiano GIOVANI CIDREIRA. A vibe é boa!

Aí começa um “mini Se Rasgum raiz”, com duas bandas do melhor do nosso rock: TURBO e MOLHO NEGRO, tocando muito alto os clássicos e os sons dos seus discos novos, de 2017 (“O Melhor Naufrágio” da Turbo, e “Não É Nada Disso Que Você Pensou”, da Molho Negro).

Voltando ao passeio pelo nordeste, é a hora dos baianos da MAGLORE mostrarem o que sabem, um som meio MPB, meio rock, 100% alternativo [CLIQUE AQUI E OUÇA “MANTRA”]. E os experientes da CIDADÃO INSTIGADO, certamente uma das principais atrações dessa edição do festival. Comemorando duas décadas de carreira, os músicos do Ceará encerram a noite.

SÁBADO 18/NOV | PARQUE DOS IGARAPÉS

No fim, o reencontro com o início. Presente e passado se juntam no último dia do Se Rasgum 2017, no mítico Parque dos Igarapés, onde tudo começou. E o encerramento será histórico! Três palcos no mesmo lugar, dez horas de shows, vinte e uma atrações! Vamos agora mostrar o que vai ter em cada palco:

PALCO ESTÁCIO

O primeiro artista da noite é KIKITO, paraense que foi escolhido nas Seletivas Se Rasgum 2017 com muito pop rock sintetizado. Depois dele tem a grande vencedora das Seletivas: INESITA, sucesso como instrumentista, que lançou neste ano seu projeto solo (O EP “Normal de Pedra”). Mais uma atração do Ceará no festival, PROJETO RIVERA se apresenta no Palco Estácio com muito som regional com rock e MPB. E por falar em regional, vem aí ELÓI IGLESIAS, um dos mais performáticos artistas paraenses, que defende há anos a tradicional Festa da Chiquita na madrugada do domingo de Círio.

É a vez do Palco Estácio se transformar num baile de melody, tecnomelody e eletromelody. Primeiro com as pedras revisitadas pelo quarteto OS REIS DO ELETRO, depois com UANÁ SYSTEM e a mistura de sons e imagens. E os DJS BLACK SOUL SAMBA, MORCEGÃO e MEACHUTA completam a line up desse espaço.

PALCO BANCO DA AMAZÔNIA

Mais um destaque das Seletivas Se Rasgum, ANDRO BAUDELAIRE traz sua guitarrada groove pro segundo palco do Parque dos Igarapés. Do Espírito Santo vem a psicodelia de ANDRÉ PRANDO, e  do Distrito Federal o som instrumental misturado do MUNTCHAKO.

O rock-rap-samba da MACHETE BOMB (PR) e o rock experimental da VENTRE (RJ) dão sequência à programação no palco, que ainda tem os DJS PRO.EFX, BELHELL e BAILE TROPICAL.

PALCO OI

Pra muitos esse é o palco nobre do festival, e as estrelas justificam essa expectativa sobre o Palco Oi. E a primeira delas é aqui da Amazônia: NAZARÉ PEREIRA. Nascida no Acre, paraense de coração e parisiense por escolha, Nazaré faz música regionalista, com muito carimbo, boi-bumbá e baião. Na sequência uma sensação da nova música brasileira: o grupo BAIANA SYSTEM, que se propõe a ressignificar a marcada e marcante sonoridade da Bahia.

Um dos expoentes do rap nacional da atualidade, o paulistano EMICIDA volta ao Festival Se Rasgum sete anos depois, quando ainda era uma aposta da música brasileira. De lá pra cá foram discos, prêmios, muitos hits e o amadurecimento do músico, que também é produtor.

Da música das periferias ao som negro dos Estados Unidos, Belém recebe o DJ AFRIKA BAMBAATAA, que há décadas inspira gerações mundo afora com referências a (e parcerias com) James Brown (!!!), e que é por muitos reconhecido como o fundador do hip hop.

E a saideira fica com o mix de eletrônico com o autêntico funk carioca, do DJ e produtor JOÃO BRASIL. Provavelmente, quando ele começar a tocar no Parque dos Igarapés, você vai entrar na vibe e cantar: “Nunca mais eu vou dormir… Nunca mais eu vou dormir…”. Não entendeu? Escuta aí.

ALÉM DA MÚSICA

Faz tempo que o Festival Se Rasgum não é só feito de shows. Em 2017 não vai ser diferente, tanto que a programação oficial do evento começa hoje (13), antes mesmo da Marisa Brito subir ao palco do Teatro Margarida Schivasappa.

Hoje e amanhã (14) tem mais uma edição da MOSTRA IN-EDIT, com a apresentação de produções audiovisuais sobre música, no Cine Líbero Luxardo (Centur) [clique aqui e saiba quais filmes serão exibidos, com data e hora]. E também durante toda a semana serão realizados vários eventos (gratuitos) para capacitação profissional e fomento de negócios na área, no MUSIC ON THE TABLE [clique aqui e veja mais detalhes da programação].

SERVIÇÃO

Ainda tem ingresso à venda para as muitas programações do Festival Se Rasgum 2017. Se você ainda não garantiu o seu, CLIQUE AQUI.

Anúncios

Depois de ver, que tal deixar sua opinião? O Repórter E agradece.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s